Futebol, cultura e sociedade

Quem somos

O Maracanazo é um projeto que tem o objetivo de contar histórias do mundo da bola através dos pilares Futebol, Cultura e Sociedade. Do que rola nos gramados aos meandros da relação política-esporte, passando pela construção cultural que o futebol propiciou durante mais de um século desde sua criação.

O nome Maracanazo foi escolhido após uma longa reflexão. Esta não foi a primeira empreitada na produção de conteúdos. Outras tentativas já haviam sido feitas, mas com nomes que não inspiravam emoção. Busquei referências em outros canais e veículos para entender que tipo de palavra eu precisava encontrar que conseguisse expressar uma ideia, e não apenas resumir o que se fazia.

Listei uma série de fatos, clubes, jogadores e termos do futebol e um dos primeiros foi Maracanazo. A “maior derrota da história da Seleção Brasileira” era um de meus assuntos favoritos. O drama todo que envolvia uma simples derrota por apenas um gol de diferença era algo que me encantava. A falta de imagens deixava toda e qualquer fala sobre o tema com um ar mítico.

Comentei do nome com Leandro Stein, da Trivela. Acho que essa conversa foi pra lá de 2017 ou 2018, não me recordo bem. O colega me alertou da carga negativa que o Maracanazo trazia. Considerei seu argumento por um bom tempo, pesando os prós e contras da palavra, mas sempre lembrando o que eu queria mostrar com aquilo.

Enfim, Maracanazo simbolizava para mim a derrota que ensinava a vencer. Todos perdemos. Não há ser humano no mundo que não tenha derrotas para contar. E em qualquer biografia, as derrotas são o que precedem as grandes vitórias. No caso do Brasil, foi preciso perder 50 para ganhar 5 Copas do Mundo. Além disso, o Maracanazo é um evento que, em minha visão, ultrapassa a barreira dos rótulos de vencedores e perdedores. Além disso, cá entre nós: é ou não é um baita termo cult?

Decidido o nome, estamos (re)iniciando os trabalhos com a publicação de textos antigos, escritos por mim e publicados em outros sites e blogs, e também alguns conteúdos que foram feitos já no novo site. Já há muito conteúdo interessante e em breve teremos positivas novidades.

Yuri Casari é jornalista desde 2012. Já atuou na Rede de Televisão É-Paraná; tem trabalhos publicados no site Trivela, na Revista Série Z e no Jornal Balançando a Rede; e atualmente trabalha como editor do Jornal de Colombo, além de ser repórter e fotógrafo do site Do Rico ao Pobre, especializado em Futebol Amador de Curitiba.